O desafio dos nossos dias...

06
Jan 10

 

 

Navego na minha infância.

Encontro recordações que me alegram.

Fico cheia de saudades.

Naquele tempo em que havia "Menino Jesus".

Havia São Nicolau.

Eu, apenas o conhecia dos postais.

Pois vinham postais das Américas.

Não conhecia o Pai Natal.

Nas minhas paragens era o S. Nicolau.

Este transportava os brinquedos.

Lá nos países distantes, de trenó.

Era esta a nossa percepção.

Aqui, entre nós, era o Menino Jesus que dava.

Ele vinha pô-las debaixo da almofada durante a noite.

A pobre mãe,  entrava no quarto e...

lá as colocava .

De manhã cedinho e...

mal acordávamos, lá estava a prendinha.

Estonteadas de sono,

pegava muito bem,

o Menino Jesus, havia deixado.

Vejam só!

Que difereeeeeeença!!!

Dormíamos felizes!

Não havia stresses!

Havia sim, muiiiiita paz!

Como tudo mudou!

Não havia preocupação em esconder.

Era tudo coisa pouca.

Em qualquer lugar se desviava dos olhares.

Ficávamos indiferentes à realidade.

Só mais tarde, pude compreender.

Porque tantos tinham presentes maiores que o meu.

O meu, sim.

Porque era só um.

Aí aceitei muito bem.

Percebi que mesmo assim, era bom.

Era sempre o Menino que dava dinheiro,

para que comprassem as prendas.

Como dizia no início, dá-me saudades.

Não da miséria, mas do valor que se dava às coisas.

Da paz e segurança que se sentia.

Das visitas familiares, sem bombons a abarrotar.

Mas de gostosos rebuçados caseiros,

embrulhados em papel de seda.

E...

ao sabor desta doçura,

acordo desta viagem ao passado e...

sinceramente...

dá-me saudades, muiiitas saudades.

Hoje neste abrupto calcorrear do dia a dia...

hoje nesta lufa lufa do ter...

toda a gente?!

muita gente?!

pouca gente?!

não sei...

sentirão o mesmo?!!!

manomero 2010 01 06

publicado por emcontratempo às 16:49

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
16

23

30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO