O desafio dos nossos dias...

02
Mar 10

 

Este foi o livro de leitura da primeira classe, de minha irmã.
Recordo-me de quando ela  entrou.

Aprender as primeiras letras, as palavras e as histórias.
Antes da entrada na escola primária, lembro-me de meu pai e mãe, fazerem as letras na  ardósia e pegarem nas nossas mãos para aprendermos.

Quando fui para a escola já sabia escrever algumas letras. 

Foi bonito e recordo com saudade como aprendi a escrever.

São coisas que nos marcam para a vida.

Mais uma vogal, mais uma consoante e assim ia aumentando o número de palavras.

A pouco e pouco, dia-a-dia, as histórias, as leituras, íam ficando mais extensas. 
Passámos das pequenas palavras, para as cópias dos textos. 

 

As recordações destes nossos primeiros livros, baseiam-se em muito nas ilustrações.

 

Naquele tempo, como agora, a ilustração tem muita importância na medida em que fascina as crianças, ajudando-as a entrar no mundo da fantasia e dos sonhos, e que recordarão pela vida fora.

Talvez todos se lembrem do seu primeiro livro de leitura, o livro da primeira classe, com muito carinho.

São memórias que a se perderem, perde-se um pouco de nós

Um pouco da  magia da nossa infância.

Sabemos que as coisas perdem-se no tempo.

O saboroso mesmo é recordá-las.

Como alguém dizia "recordar é viver", vive-se e revive-se, recordando.

 

 


livro de leitura da primeira classe ceia de natal

 

 

 

da 2ª. Classe

 

procissao na aldeia santa nostalgia 02

 

procissao na aldeia santa nostalgia 03

 

 Autores:
Maria Luisa Torres Pires
Francisca Laura Batista
Glória N. Gusmão Morais

Ilustrações:
Maria Keil
Luis Filipe de Abreu

Edição:
Editora Educação nacional de Adolfo Machado
1ª edição: 1967

imagens de www.santa-nostalgia.blogspot.com

publicado por emcontratempo às 01:10

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
20

21
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO