O desafio dos nossos dias...

19
Mar 10

 

 

Em honra ao meu pai, que o Senhor lá tem.

 

Sinto falta das tuas mãos,

franzinas, afáveis, serenas,

sempre dispostas ao trabalho,

em situações pouco amenas.

 

Sinto falta dos teus braços,

cansados de puxar a enxada,

com ela podias tudo,

hoje ninguém pode nada.

 

Sinto falta das tuas pernas

para comigo caminhar,

quando íamos ainda cedo,

aos lajidos trabalhar.

 

Íamos apanhar figos,

saborosos para comer,

escolhias sempre um cesto,

que a mãe ía vender.

 

Sinto falta da alegria,

eras tão bom para nós.

Trabalhavas mais que podias

e nunca nos deixavas sós.

 

Sinto falta... pai, a tua ausência,

a todos nós retirou

a doce e meiga inocência

que sempre connosco habitou.

manomero

 

TERÇO DE SÃO JOSÉ

imagem da net

 

Senhor São José, para os pais de hoje, há acontecimentos desconcertantes em relação aos filhos, e para com os filhos.

Acontecimentos que não compreendemos, não aceitamos logo à primeira, pois mexe muito com a maneira que fomos educados.

Bondoso São José, ajuda-nos a ultrapassar esta etapa, de modo que consigamos ser luz pelos nossos conselhos, ainda que limitados pelo tempo e pela idade.

São José, rogai por nós!

publicado por emcontratempo às 10:09
tags: ,

A saudade é a memória que fica em nós.
É doce amarga recordação...
É a recordação eterna
de quem nunca desaparecerá...

Gosto de ter saudades tuas, é sinal de que não te esqueci...

beijinhos
Lírio da montanha a 24 de Abril de 2010 às 20:25

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
20

21
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO