O desafio dos nossos dias...

30
Out 08

 

Ofereço hoje uma grande flor,

uma flor de esperança,

a todas as mulheres lutadoras

e o meu carinho muito especial

àquelas que conheço de perto.

 

Peço a Deus, soluções do Céu

para este problema.

                                               

E aqui vai a minha flor          

 

 

 

flor

 da net

 

publicado por emcontratempo às 16:27

28
Out 08

 

 

Aprendi com o tempo que, às vezes, é preciso parar a pressa.

Estar mais atentos ao percurso, à caminhada...

A pressa cega-nos!

Deixamos de prescrutar tantas coisas boas e belas que nos envolvem.

Às vezes, está bem próximo o que precisamos...

Olhamos, passamos, olhamos, passamos mas...

...não observamos, não enxergamos...

Não basta olhar!

É preciso que esse olhar seja o reflexo do coração!

by peregrina

publicado por emcontratempo às 15:23

27
Out 08

 

 

Inebriante,

perfumada,

puríssima,

airosa,

colorida,

a flor,

fala-nos

mais íntimo,

fecunda-nos

o espírito,

trespassa-nos

o olhar,

enriquece-nos

do Divino

mostra-nos

quão suave,

quão leve

quão puro,

é o sorriso

de Deus.

Aqui e ali,

onde haja uma flor,

há festa,

há natureza,

há beleza,

há vida,

há louvor,

há harmonia,

há alegria,

porque lá,

há uma flor!

um sorriso do Criador!

peregrina

publicado por emcontratempo às 12:36

23
Out 08

 

 

         Sopram as faias,

         aqui ao lado,

         no mato que cresce,

         emaranhado.

         É um sussurro

         quando amanhece.

         Um frio!

         Uma aragem!

         É o bater da folhagem!

         Por cima de nós

         num banho de azul,

         nuvens,

         bordando o céu

         entre o seu bailado,

         e a lua esquecida

         se fica,

         a ver se o sol...

         Estará acordado?!

         -pergunta-se ela-

         enternecida me fico

         encostada à janela.

         E eis que o sol nasce,

         fica enamorado.

         Envergonhada a lua,

         foge para o lado.

         Esconde-se na nuvem,

         n'outro espaço,

         n'outro céu...

         e fico-me pensando...

         fico na janela...

         ...

         que louca sou eu?!...

         ...melhor reparando

         Deus está brincando

         com aquilo que é Seu.

         Entre Terra e Céu!...

                              peregrina

publicado por emcontratempo às 09:19

21
Out 08

 

 

Faltam-me as certezas,

falta-me a auto-confiança

de há anos...

Faltam-me as forças,

as opções,

as iniciativas,

o vigor da mocidade.

 

Tenho necessidade...

de compreensão,

de sinceridade,

de carinho

de apoio,

afinal...

tenho meia idade.

 

Desejo que o tempo páre,

que renove o pensamento,

que agarre,

aperte ,

e sinta a felicidade

e não a efemeridade

de um momento...

 

Tenho dúvidas?!...

 peregrina

 

publicado por emcontratempo às 09:17

20
Out 08

 

           

            Que suavidade,

            que candura,

            na rua, a chuva cai,

            miudinha,

            gota a gota,

            que ternura.

            Que silêncio,

            que doçura,

            longe do ruído,

            e do alarido

            de tanta agrura,

            de som poluído,

            sabendo amargura.

            Que calma,

            que recolha interior

            apraz a alma

            alivia a dor

            envolve-me

            revigora-me

            eleva o espírito,

            Senhor!

 

            ...

 

           Que silêeeeeeencio!

                                   peregrina

 

 

publicado por emcontratempo às 12:06

14
Out 08

pico

 da net

 

Pico!!!

Imponente montanha

que nos serena a alma,

eleva o espírito

e aponta o Céu!

 

publicado por emcontratempo às 00:46
tags: ,

12
Out 08

 

 

Cai,

sem nos apercebermos,

é o pingo d'água,

porém com o tempo,

desenha,

recorta,

traça caminhos

no corpo duro da rocha.

 

Vejamos pois,

quanto vale a persistência...

 

peregrina 2007 09 19

publicado por emcontratempo às 11:24

09
Out 08

 

 

                                                                É preciso viver!

                                                                É preciso pensar!

                                                                É preciso saber!

                                                                É preciso trabalhar!

                                                                É preciso colher!

                                                                É preciso guardar!

                                                                É preciso compreender!

                                                                É preciso escutar!

                                                                É preciso fazer!

                                                                É preciso apoiar!

                                                                É preciso ceder!

                                                                É preciso perdoar!

                                                                É preciso amar!

 

                                                                Não tens tempo?!

                                                                Então?!

                                                                Vive cada momento!

                                                                Aprecia a vida!

                                                                A alegria!

                                                                Olha!

                                                                O sol nasce a cada dia!

                                                                E a natureza

                                                                que em beleza,

                                                                te fecunda o olhar!

                                                                E tu?!

                                                                Que fazes tu?! ...

 

                                                                É preciso amar! ...

                                                                                               peregrina

 

 

publicado por emcontratempo às 11:21

07
Out 08

 

 

      Sete de Outubro de 1965!

      Há precisamente quarenta e três anos

      ainda me recordo, com saudade.

      Dia de entrada na escola!

      Que alegria me preenchia!

      Fui com a minha mãe.

      Era importante,

      Era uma integração a vários níveis.

      Pois a escola ficava nas Sete Cidades.

      Teríamos de ser atletas.

      É que ainda era uma senhora(1) viagem.

      E nós éramos crianças!

      Havia que ir e voltar a pé.

      Quer chovesse, quer ventasse.

      Lá íamos nós!

      De mala (2) e ardósia e pena

      e lápis, sim lápis para escrever, mas...

      ... só no caderno que ficava na escola.

      Ah e o livro, "O Meu Livro da Primeira Classe"

      Cheirava a novo!

      Novinho em folha!

      Comprado na Bel'Arte.

      Que lindo!

      Sim, porque eu não tinha livros...

      Ainda hoje o conservo.

      Está um pouco mais ou menos

      é que foi depois emprestado,

      e emprestado, até que regressou.

      Guardei-o e até hoje.

      Guardo-o religiosamente!

 

      nota: 1 - viagem grande

                2 - feita de roupa que vinha da América

by peregrina

 

 

 

ceifeiros

 

 da net

publicado por emcontratempo às 15:39

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

19
22
24
25

26
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO