O desafio dos nossos dias...

01
Dez 08

 

 

 

"Não basta abrir a janela para ver os campos e o rio.

Não é bastante ser cego para ver as árvores e as flores.

É preciso também não ter filosofia nenhuma.

Com filosofia não há árvores: há ideias apenas.

Há só cada um de nós, como uma cave.

Há só uma janela fechada, e todo o Mundo lá fora;

e um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,

que nunca é o que se vê quando se abre a janela."

                                                                                      

Alberto Caeiro

publicado por emcontratempo às 01:07
tags:

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

16
17
20

21
22
23
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO