O desafio dos nossos dias...

15
Fev 09

  

 

Por entre maresias,

ventos, espumas, rocios.

estavas tu

de froca e calça de angrim,

ali...

agarrado ao cabo,

no Cais Velho,

segurando a lancha

e a vida de muitos.

Robusto, destemido,

arrojado, valente,

vigilante, confiante...

olhos fitos sempre,

donde vinha a ondulação

como que a dizer ao mar :

não és o único gigante...

... sim, por essas tuas mãos,

sempre abertas para ajudar,

sempre seguras,

sempre firmes,

e um grande coração encoberto,

obrigado, Senhor Gilberto!

 

ma. rodrigues

 

******************

 

Se fosses vivo farias hoje 100 anos....

Oh Senhor Gilberto!

Quantas vezes te perguntei:

O mar tá mau,

eu tenho medo?!

Logo me respondias,

com o teu ar sempre bem disposto:

Oh Maria, vais pró Faial?

Olha vem na lancha de uma hora para cá.

Outras vezes que me vias cheia de medo,

ías me pôr no sítio em que eu não visse as ondas ....

Não estudei no Faial.

Não tinha possibilidades,

por isso não me transportaste os "cabazes",

mas muita encomenda que para lá mandávamos,

aos amigos a quem devíamos favores.

É que, quando se tinha mesmo que ir ao médico,

e não se era atendidos a tempo de "apanhar" a lancha,

era assim, ficava-se em casa de amigos e conhecidos...

... muito mais tenho a falar sobre isto,

mas agora este bocadinho é para ti.

É para ti sim que dirigo este GRANDE OBRIGADO,

para ti, que decerto estás junto a Deus.

Para ti que o canal irá perpétuar-te,

nestas duas ilhas irmãs.

Estes, nuuuuuunca mais te esquecerão,

Oh senhor Gilberto,

Até sempre!!!

  

................................

 

Faleceu a 12 de Maio de 1991

um "lobo do mar", a figura deste Grande Homem do Canal,

viverá sempre na memória das nossas gentes.

 

publicado por emcontratempo às 20:32

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

17
18
19

22
23
24
26
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO