O desafio dos nossos dias...

23
Nov 09

 

Há precisamente 36 anos.

 

Foi na tarde do dia 23 de Novembro.

 

Estava um dia calmo, cheio de sol e bom tempo.

 

A terra tremeu.

 

Um sismo foi sentido nas ilhas do Grupo Central.

 

"No arquipélago dos Açôres,

nas ilhas do Grupo Central,

grande sismo atingiu,

as ilhas do Pico e Faial.

 

Casas foram derrubadas,

muros e templos também,

são barracas de campanha,

as casas que o povo tem.

 

Oitenta por cento anormal,

levantando-se um temporal,

agravando a situação,

cai a chuva, sopra o vento,

sente-se do mar o lamento

que prend'a navegação.

 

..."

 Laurénio

 

publicado por emcontratempo às 14:49

22
Nov 09

 

 

Glória a Cristo Rei

da Terra e dos Céus,

Senhor soberano

de Tudo sois Deus.

 

Pelo orbe inteiro

com única Lei,

ressoe esta voz

viva Cristo Rei!

 

Cristo Rei dos Reis

honra verdadeira

prestada Vos seja

pela Terra inteira!

 

Não há Rei no mundo 

que Te seja igual

Com o Teu amor

Salvai Portugal.

 

Glória a Cristo Rei

da Terra e dos Céus!

Senhor soberano

de tudo sois Deus.

 

Pelo orbe inteiro

com única Lei

ressoe esta voz

Viva Cristo Rei!

publicado por emcontratempo às 22:18
tags: ,

19
Nov 09

 

 

 Fazes hoje anos, parabéns!!!

 

Que este dia se repita sempre

Com alegria e muita saúde.

publicado por emcontratempo às 17:34

 

 

 

"Todas as flores do futuro estão nas sementes de hoje"

provérbio chinês

publicado por emcontratempo às 11:56

18
Nov 09

 

 

 

Levai o fardo dos outros e assim compreendereis melhor a lei de Cristo.

publicado por emcontratempo às 18:08

 

 

 

Loucuras não remedeiam loucuras.

publicado por emcontratempo às 18:07

17
Nov 09

 

 

www.combatentesporportugal.org

 

Ao terminar o ano litúrgico, as leituras incidem mais sobre o tema de "o fim dos tempos".

Aproxima-se assim a "Vinda do Senhor".

O cristão celebra o Natal do Menino Deus.

As leituras falam-nos também dos eleitos.

Preparemo-nos!

A cada dia façamos a nossa caminhada e...

que tenhamos a feliz sentença quando "Ele, mandar os Anjos, para reunir os seus eleitos dos quatro pontos da Terra à extremidade do Céu."

(Leitura Mc13,24-32)

 

Senhor!

Sentimo-nos tão pequenos,

tão frágeis,

ilumina-nos,

preenche-nos do Teu amor!

publicado por emcontratempo às 16:52

 

 

O amor é como a Lua, quando não cresce mais,diminui.

publicado por emcontratempo às 16:50

 

 

O amor próprio é um balão cheio de vento, do qual saem tempestades quando o picamos com a ponta dum alfinete.

Voltaire

publicado por emcontratempo às 16:50

13
Nov 09

 

 

 

"Podem-se enganar os homens; Deus nunca."

publicado por emcontratempo às 12:45
tags: ,

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
14

15
16
20
21

25
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO