O desafio dos nossos dias...

30
Abr 10

 

Foste hoje, Sra Conceição.

publicado por emcontratempo às 14:57

 

A rádio-novela "Simplesmente Maria", lembram-se?!

Eu nesse tempo andava no Externato, não me recordo se ouvi algum episódio.

Era um folhetim que passou na Rádio Renascença.

Entre Março  de 1973 e Novembro de 1974.

Foram 500 episódios. 
Cada episódio ía para o ar depois do almoço.

Entre as 13:30 e 14:30 horas, mais ou menos.

As nossas mães, a seguir ao almoço, descançavam aquele bocadinho.

Mas recordo-me também que havia alguns homens a ouvir esta radionovela

Isto passava-se apenas com aqueles que trabalhavam por sua conta.

O horário de trabalho não tinha de ser rigorosamente cumprido.

Então era feita a "sesta" a ouvir a ditosa "simplesmente Maria".

Cá na minha aldeia, trocavam-se opiniões sobre a história destes amores apaixonantes.

Mas se se recorda ainda, veja o blog abaixo das imagens, que muito bem a descreve e nos situa no tempo.
simplesmente maria 15

simplesmente maria 03

simplesmente maria 12

simplesmente maria 10

simplesmente maria 09

simplesmente maria 08

simplesmente maria 01

simplesmente maria 07

simplesmente maria 06

simplesmente maria 05

simplesmente maria 04

simplesmente maria 02

simplesmente maria 13

simplesmente maria 11

simplesmente maria 14

imagens de www.santa-nostalgia.blogspot.com

publicado por emcontratempo às 10:38

29
Abr 10

 

Há três anos que deixei de "dar"  Catequese.

Motivos vários me fizeram tomar essa opção.

Não deixei de ser "catequista"!

Acho que catequista vou ser sempre.

Neste momento colaboro na paróquia noutra área. 

Mas hoje, hoje acatei este apelo e fui ...

Fui para ouvir.

Fui para dar o meu testemunho. 

Testemunho de vida na paróquia.

Partilhar com outros esse testemunho.

Escutar o testemunho dos outros.

E sobretudo caminhar em grupo.

No grupo com as crianças do 8º. ano.

Semeámos, agora.

Esperamos que dê frutos.

Assim o queremos para maior glória de Deus.

publicado por emcontratempo às 11:28

28
Abr 10

 

"Se a morte fôsse um bem, os deuses não seriam imortais"

publicado por emcontratempo às 14:37

 

Nem sempre é assim, mas...

 

 

"As penas chegam depressa porque nós mesmos lhes abrimos caminho".

 

publicado por emcontratempo às 14:34

 

Aí na Ilha do Bravo,

terra de muita valia

espero que passes em agrado

mais uma folha pró passado

neste teu Feliz Dia.

 

Da Ilha Negra aqui vai

doce e saudoso beijinho,

do meu coração sai,

tão grande como a ilha,

e cheio de carinho.

 

Beijinhos, filha!

publicado por emcontratempo às 14:26

27
Abr 10

 

As mesmas pessoas que podem negar tudo aos outros, são as que tem fama de não recusar a elas próprias coisa alguma.

(Leigh Hunt)

publicado por emcontratempo às 12:05

 

fisga santa nostalgia 01

 

fisga santa nostalgia 2

 

miudo com fisga santa nostalgia

www.santa-nostalgia.blogspot.com

 

A fisga era um brinquedo do meu tempo, usada pelos rapazes.

Feita com ramos de árvore que dessem jeito por causa do feitio em Y.

Feita com ramos de incenso ou faia.

Duas tiras de borracha de câmaras-de-ar usadas.

Estas, eram retiradas das bicicletas ou motos.

Dimensões da borracha, comprimento 25cmx1,5cm de largura.

A funda para pôr a pedra, era de couro de calçado velho.

Em forma de rectângulo 4x8cm.

Limpava-se o galho da árvore.

Faziam-se em cada lado cavidades circulares à volta.

Aí se amarrava as tiras de  borracha com um fio de barbante ou arame.

Antes de amarrar a última extremidade colocava-se o couro.

Neste haviam sido feitas duas ranhuras para entrar a borracha.

Agora depois de pronta, só faltavam as pedritas.

Estas eram de preferência lisas e mais ou menos do tamanho de bagos de uva.

Usavam-na para projectar pequenas pedras a longas distâncias.

Na maior parte das vezes era usada para caçar pássaros.

Melros pretos, e outros párraros.

Noutros tempos usou-se para caçar e como arma.

Fazia-se também outras maldades.

Atirar a vidros de casas velhas e abandonadas, guerrilhas entre os rapazes...

Jogos de destreza, atirando contra garrafas e locais marcados como referência.

Quer dizer que também haviam brinquedos um tanto perigosos se mal usados.

Hoje as crianças, por curiosidade podem experimentar este brinquedo.

Convém apenas que sejam acompanhadas e que usem em lugares apropriados. 

publicado por emcontratempo às 10:17

 

"Quem mata o tempo não é assassino, é suicida."

publicado por emcontratempo às 10:13

26
Abr 10

 

www.fernandafotos55.blogspot.com

Perfazem hoje 79 anos da consagração da nossa Igreja.

Louvemos ao Senhor por termos esta graça de ter um local previligiado onde todos nos podemos reunir para louvá-Lo e bendize-Lo em comunidade de cristãos, comprometidos na mesma Fé.

 

Oh senhor,

nós Vos adoramos!

Senhor!

Como temos hoje de procurar-te!

Como temos de procurar a tua casa!

Como temos necessidade de Ti,

de Te descobrir,

de ver onde Tu habitas!

Como temos necessidade de ficar,

ficar mais junto de Ti,

Senhor!

publicado por emcontratempo às 17:00
tags:

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
19
24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO