O desafio dos nossos dias...

22
Abr 11

 

"Não há autêntica celebração e adoração da Eucaristia que não leve à Missão"

 

João Paulo II

publicado por emcontratempo às 04:16

 

Como os ajudamos, como lhes agradecemos, como pedimos por eles...

 

" Os sacerdotes destinam-se a servir (...) a Igreja que Cristo fundou e serviu."

Conferência Episcopal Portuguesa

 

numa sociedade que apenas vê os defeitos

e não procura acalentá-los com uma palavra amiga,

apoiando-os na sua nobre missão.

publicado por emcontratempo às 03:57

 

 

Cristo meu Senhor

quero jogar a minha vida na Tua Palavra

quero retemperar a minha juventude na Tua graça

que nunca envelhece.

 

Dá-me uma juventude rebelde a todos os egoísmos,

rebelde aos instintos de violência,

rebelde à instalação burguesa na vida,

rebelde à cobardia de dizer Sim ao mal e Não ao bem.

 

Cristo, meu irmão, contigo avançarei rumo às estrelas,

à conquista dos mais favoráveis espaços que são os espaços do amor.

 

Contigo desafiei os cobardes, os piegas, os "beatos",

contigo construirei no entusiasmo

um mundo melhor que o dos antepassados.

 

Que eu ame sempre o imenso mas da liberdade autêntica

onde sopre o Teu Espírito suavemente

que o sangue jovem que ferve em minhas veias

faça da minha vida uma chama

capaz de atear, à minha voltaum incêndio de amor

que faça dos homens um mundo de irmãos.

 

Cristo, meu Senhor, eu amo a terra e a vida,

a minha juventude e os ritmos modernos,

as formidáveis conquistas técnicas do nosso tempo,

as velocidades e as violas eléctricas,

ensina-me a compor com todos estes amores

um novo cântico das criaturas.

(calendário 2007 da LIAM - missões)

publicado por emcontratempo às 03:45

21
Abr 11

 

"

Mudo... calado diante de Ti

todo o meu ser

só Te sabe dizer.

Eu estou aqui.

 

Que bom parar e em silêncio ficar

diante do Amor

sem nada dizer, apenas rezar:

meu Deus e meu Senhor!

 

Que bom poder com vontade dizer,

Senhor, eis-me aqui.

Viver cada dia, dar com alegria

quanto recebi!

 

Que bom viver junto à Fonte e beber

a Água mais pura.

Que alegria encontrar outros a caminhar

nessa mesma aventura!

 

Que bom calar e orar sem cessar

de alma agradecida;

Sentir-Te bem perto, Deus amigo certo

e razão da vida!"

(in Boletim Franciscanas Hospitaleiras)

publicado por emcontratempo às 11:38

 

 

No encanto do sacrário,

está Jesus Nosso Senhor,

Todo magnificência,

Todo Bondade e Amor!

 

No Sublime e Santo Pão,

está Jesus, Nosso Senhor,

Todo poder, Todo perdão,

Todo ternura e Amor!

 

O mais singelo alimento

do nosso humilde sustento,

tornou-se Pão Divinal,

pela Mão Celestial!

Manomero, Out - 2009

publicado por emcontratempo às 10:31
tags:

20
Abr 11

 

  

Esqueceram-Te, ó doce e meigo Nazareno

desejando apagar a santa luz que encerra

Teu sublime Evangelho e Teu olhar sereno,

e o mundo mergulhou nos horrores da guerra.

 

Volta ó doce Pastor, ao páramo terreno

só Tu conheces bem o rebanho que erra

e tu, sómente Tu, podes salvar a Terra.

 

Muito embora, Senhor, não seja deste mundo

o Teu reino de luz e paz, que amor profundo

abrase o nosso velho e exausto coração;

 

A Ti, que és o caminho, és a Vida e a Verdade,

seja dado este amor de toda a humanidade,

Sê nosso Pai, ó Tu, que és nossa Redenção!"  

Rio de Janeiro, Setembro de 1944

Iracema Nunes de Andrade (bras.)

publicado por emcontratempo às 13:20
tags: ,

 

A Semana Santa é sempre no vasante.

publicado por emcontratempo às 13:15

18
Abr 11

 

 

"Descalcei as sandálias,
Fechei a porta e entrei
Num lindo bosque de Outono
Deus me falou e eu rezei.
Descalcei as sandálias,
Pisei o grão que dá vida
Fiquei guardando a lição,
De cada folha caída.


No silêncio abri, meu coração como uma flor,
E pedi perdão por tanta falta de amor
Olhei para Jesus, Jesus também me olhou
E um olhar de amor sobre mim lançou.

No silêncio vi, uma nova luz
Lado a lado comigo caminhava Jesus
Na brisa suave, no pássaro a cantar
Entre as folhas caídas vi Jesus a andar.

No silêncio vi dissipar-se o medo
Ao ouvir de Deus o maior segredo:
“Aos meus olhos filho, tens um grande preço”
Faz da tua vida sempre um começo!"

 

Senhor,

eu Te peço perdão,

por tanta frieza,

tanta malícia,

tanto egoísmo,

tanta falta de amor!

publicado por emcontratempo às 14:54

15
Abr 11

 

"Não morre quem para Deus vive".

R. de Alarcon

publicado por emcontratempo às 16:01

14
Abr 11

porém de singular beleza!!!

 

 

www.panoramio.com

publicado por emcontratempo às 16:02

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
19
23

24
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO