O desafio dos nossos dias...

19
Jan 12

 

 

Oh meus pais, quem me dera,

Sentir vossos braços, abraçar-vos,

Mas, só me resta a dura espera,

Vós, jamais ides voltar.

 

Como recordo, a infância,

vossos beijos e carinhos,

Adolencência e juventude,

a educação, a saúde,

Tudo feito ao certinho,

ainda que pobrezinho,

 

Oh meus pais, quem me dera!

 

Sempre que pisa a saudade,

Abraço vossos retratos e choro,

Fecho meus olhos,e vejo-vos

Consigo-vos encontrar,

no cantinho do meu ser,

onde sempre vão habitar.

 

Oh meus pais quem me dera!

Ter-vos aqui novamente.

Sarar esta longa espera,

Fazer do Passado presente.

 

Oh meus pais quem me dera!

publicado por emcontratempo às 00:45

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

21

23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO