O desafio dos nossos dias...

31
Out 12

...

publicado por emcontratempo às 17:46

26
Out 12

 

Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.

Madre Teresa de Calcutá

publicado por emcontratempo às 16:34

...

publicado por emcontratempo às 16:33

25
Out 12

 

 

vivendo e aprendendo

 

"O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano"

Isaac Newton

1642-1727

 

até morrer...

publicado por emcontratempo às 12:23

 

Implica... sinceridade, bondade, honestidade, e... onde é que andam elas?!

 

Gosto de olhar,

olhos nos olhos,

mas às vezes é impossível... porque...

 

olhar,

 

olhos nos olhos é sinal

que não se tem nada a esconder,

e que se vê nos outros olhares

a bondade e/ou a maldade do outro olhar.

 

mas,

 

por vezes não se é bem entendidos,

não há diálogo,

por isso há olhares pesados de sofrimento...

que se quedam e se baixam para o chão,

perante olhares , arrogantes e altivos

senão também maldosos,

que julgam os outros (olhares), claro,

à medida dos seus.

peregrina

Em muito raros olhares...

publicado por emcontratempo às 12:20

 

 

Gutta cavat lapidem saepe cadendo.

 

A gota esburaca a pedra à força de cair.

Adágio latino

publicado por emcontratempo às 12:18

24
Out 12

 

Mudança de estratégia! Apanágio do bom treinador!

peregrina

publicado por emcontratempo às 12:04

 

São como sons

agitam-se dentro de mim.

por vezes,

não compreendo,

fico relutante

e engano-me.

 

Mas,

os sentimentos,

esses

 falam bem alto

eles não erram

são genuínos.

 

E o seu eco

dentro de mim

incita-me

move-me.

Esse som em mim

compreendo-o

por vezes,

mas...

não digo,

não quero,

não acredito

no entanto

quero senti-lo,

ouvi-lo

falar-lhe,

deixar-me enriquecer nele,

recriar

os sentimentos

nas coisas mais humildes

que certo "mundo" esquece

e mata

e destrói,

e queima,

e (não) vive

vive construindo

a desgraça.

Mas... eu...

porém, escolho

as coisas,

as pessoas,

os gestos,

humildes,

que não brotam

da imponência,

mas da sinceridade

das suas almas,

da sua natureza,

da sua virtude,

da sua singular forma

de estar,

na vida...

peregrina

publicado por emcontratempo às 11:59

 

Também eu, também eu

joguei às escondidas, fiz baloiços,

Tive bolas, berlindes, papagaios

automóveis de corda, cavalinhos

 

depois cresci

tornei-me ao tamanho que hoje tenho

os brinquedos, perdi-os, os meus bibes

deixaram de servir-me

 

Mas nem tudo se foi:

ficou-me dos tempos de menino

esta alegria ingénua

perante as coisas novas

e esta vontade de brincar.

 

Sebastião da Gama

publicado por emcontratempo às 11:52

22
Out 12

 

"O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos"

 

Anna Eleanor Roosevelt

publicado por emcontratempo às 18:08

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
16
17
19
20

21
23
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO