O desafio dos nossos dias...

24
Jan 11

 

 

Ingredientes:
– Folhas grandes de babosa com pelo menos 5 anos de idade. As folhas devem medir um metro se colocadas em fila indiana. Este é o ingrediente ativo da receita.
- 50 ml de bebida destilada ( aguardente, cachaça, vodka, whisky, conhaque, etc)
- 1 / 2 quilo de puro mel de abelhas
- 1 garrafa de vidro escuro com capacidade para um litro (para armazenar)

Antes de Preparar
Colher a babosa no escuro, após 5 dias sem chuva. Não colher com orvalho. Preparar no escuro e logo depois de colhida. Depois de feito o remédio, guardar em vidro escuro na geladeira. Tomar o remédio no escuro. O motivo de se evitar a claridade é que na babosa a substância que age contra o câncer perde seu efeito ao entrar em contato com a luz.

Como Preparar
Tire os espinhos das folhas de babosa e limpe-as com um pano humedecido com álcool. Corte-as e coloque no liqüidificador juntamente com a bebida destilada e o mel.

Como tomar
Para curar o câncer – tomar duas colheres de sopa três vezes ao dia, durante 10 dias; parar por 10 dias e tomar mais 10 dias, assim sucessivamente até se obter a cura total.
Observação: a cura do câncer será obtida com êxito quando ele estiver na fase inicial, pois quanto mais velho, mais difícil será a cura.

Contra-indicações
O Dicionário das Plantas Úteis do Brasil, obra do botânico Pio Corrêa, editado pelo Ministério da Agricultura, diz que a babosa é contra-indicada durante a gravidez, para pessoas com propensão a hemorragias, para aquelas com menstruação excessiva ou com debilidades da bexiga. Tais limitações são decorrentes da grande ativação renal resultante do amplo espectro depurativo do remédio, ao filtrar milimetricamente o sangue.

 

 (Fonte – Frei Romano Zago)

 

Nota: as pessoas cancerosas durante este tratamento devem continuar a fazer os outros da medivcina, e tomar remédios, comptrimidos, etc...

Durante o tratamento não se deve comer carne.

A planta deve ser colhida de manhã cedo, antes de receber os raios do sol.

as que estiverem afastadas das estradas, são melhores pois não estão poluídas.

publicado por emcontratempo às 12:19

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

16
22

23
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO