O desafio dos nossos dias...

01
Mar 11

 

 

Hoje, distante e com saudade,

choro e gemo com intensa dor.

Guardo no peito tua imagem querida,

esse verdadeiro, esse santo amor:

querida Mãe!

 

Na calada da noite, os olhos fechados,

deitada no leito, choro. Inconsolada,

a lágrima não resiste e cai sobre a mão

desta tua filha, oh minha mãe amada.

 

Na caminha pequena, pelo pai feita berço,

que em pequenina feliz dormitava,

do teu rosto feliz saía lindo um verso,

uma cantiguinha, que me embalava.

 

E já alta noite, quando eu dormia

sonhando esses sonhos dos anjos do céu,

quem é que meu rostinho docemente beijava,

eras tu minha mãe, era um beijo teu.

 

Feliz de mim que pude contente

na paterna casa de noite e de dia,

sentir as carícias de ti minha mãe,

companheira amiga de cada dia.

 

Por isso eu agora, suspiro e soluço,

vertendo de saudade, lágrimas se vão,

saudosa do tempo, p'lo infinito te busco,

terna mãe querida, do meu coração!

 

Querida Mãe!!!!! 

nove anos volvidos...

que saudades...

publicado por emcontratempo às 11:21
tags: ,

Bela homenagem á tua mãe.
Quem tem uma mãe tem tudo
Quem não tem mãe sofre muito mais.
Beijinhos
perfume da esperança a 3 de Março de 2011 às 16:58

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
19

20
23
25

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO