O desafio dos nossos dias...

20
Abr 11

 

  

Esqueceram-Te, ó doce e meigo Nazareno

desejando apagar a santa luz que encerra

Teu sublime Evangelho e Teu olhar sereno,

e o mundo mergulhou nos horrores da guerra.

 

Volta ó doce Pastor, ao páramo terreno

só Tu conheces bem o rebanho que erra

e tu, sómente Tu, podes salvar a Terra.

 

Muito embora, Senhor, não seja deste mundo

o Teu reino de luz e paz, que amor profundo

abrase o nosso velho e exausto coração;

 

A Ti, que és o caminho, és a Vida e a Verdade,

seja dado este amor de toda a humanidade,

Sê nosso Pai, ó Tu, que és nossa Redenção!"  

Rio de Janeiro, Setembro de 1944

Iracema Nunes de Andrade (bras.)

publicado por emcontratempo às 13:20
tags: ,

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
19
23

24
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO