O desafio dos nossos dias...

27
Jul 11

 

"Alvorada

 

Amanhece.

Pelas frestas da vida

a luz

reluz.

Vai começar o dia dos sentidos,

Da razão

e do medo.

sensações.

Lucidez.

E uma pedra de angústia sobre o peito.

(é precisamente o que sinto... uma pedra de angústia sobre o peito,

que alguém de muito má índole, atirou mais uma vez.)

Mas é ressuscitar!

É renascer!

E levantar a tampa do caixão

e ser de novo Adão

com a maçã ainda por comer."

Miguel Torga

(pois, e onde estão as forças, ... neste momento vou-me segurando às margens da minha fé,

que por sorte é a única que não está abalada.)

publicado por emcontratempo às 12:24

23
Out 08

 

 

         Sopram as faias,

         aqui ao lado,

         no mato que cresce,

         emaranhado.

         É um sussurro

         quando amanhece.

         Um frio!

         Uma aragem!

         É o bater da folhagem!

         Por cima de nós

         num banho de azul,

         nuvens,

         bordando o céu

         entre o seu bailado,

         e a lua esquecida

         se fica,

         a ver se o sol...

         Estará acordado?!

         -pergunta-se ela-

         enternecida me fico

         encostada à janela.

         E eis que o sol nasce,

         fica enamorado.

         Envergonhada a lua,

         foge para o lado.

         Esconde-se na nuvem,

         n'outro espaço,

         n'outro céu...

         e fico-me pensando...

         fico na janela...

         ...

         que louca sou eu?!...

         ...melhor reparando

         Deus está brincando

         com aquilo que é Seu.

         Entre Terra e Céu!...

                              peregrina

publicado por emcontratempo às 09:19

Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Poesia

Amanhecer

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO