O desafio dos nossos dias...

19
Jun 14

 

 

Deus é a primeira casa do homem, e só aquele que nela mora arde de um fogo de caridade divina capaz de incendiar o mundo todo.

Bento XVI

publicado por emcontratempo às 12:08

30
Mai 12

 

 

              

 

www.tribodejacob.blogspot.pt

 

publicado por emcontratempo às 09:21

24
Mai 12

 V Congresso Internacional sobre as Festas do Divino Espírito Santo

2012

 

 

da net

Alguns anos atrás, com Sr. Padre José Paulo Machado.

À esquerda os saudosos Sr. Joaquim Inácio de Vargas (Sacristão) e Carlos Alberto Jorge Goulart (Carlos da Casa do Povo) como assim lhe chamávamos.

publicado por emcontratempo às 14:39

02
Ago 11

 

Mais um dia de terço ao Senhor Esprírito Santo.

 

Somos 15, rezando e cantando.

 

E pedimos para nos dotar dos Seus dons:

 

Sapiência

Entendimento

Conselho

Fortaleza

Ciência

Piedade

Temor de Deus.

 

Senhor pedimos,

temos fé,

sabemos que nos favoreces,

apenas precisamos de agradecer,

agradecer, agradecer.

 

Acabado o terço, cantámos os parabéns à mordoma, a aniversariante neste dia.

 

Amanhã voltaremos.

 

 

 

publicado por emcontratempo às 11:44

31
Jul 11

 

Catámos o terço e hoje foram catorze os que se juntaram.

 

Não vou anotar aqui as orações do terço pois já as havia anotado antes neste espaço.

 

Anoto mais um verso de louvor ao Divino:

 

Vinde oh Santo Espírito,

vinde amor ardente,

acendei na Terra

vossa luz fulgente.

 

Hoje prepararam-se as fitinhas com dizeres e adereços para os guardanapos e que serão terminadas amanhã, para as envolvermos nos mesmos.

Amanhã voltaremos se Deus quiser!

publicado por emcontratempo às 01:11

 

Anteontem preparámos o altar para receber o Divino Espírito Santo, em casa de minha prima.

Ontem, à noitinha, foi o primeiro dia de se cantar o Terço ao Divino.

Ainda fomos 10 a cantar o terço.

Hoje, ficou para as 20 horas, esperamos que vá mais gente.

Esta, penso que será a décima coroa do Senhor Espírito Santo, levada por pessoas do meu lugar.

E, passo a anotar:

A primeira que me recordo foi a da Sra. Maria do Rosário (filha da Tia Maria José do Pavão).

A segunda foi a do Sr. Manuel Padrenosso.

A terceira foi a do Sr. António Padrenosso.

A quarta foi a do Sr. José Padrenosso.

A quinta foi a da Sra Leonor Palhaça.

A sexta foi a da Maria Zulmira.

A  sétima foi a da Ilda do José Caetano.

A oitava foi a do António da Celeste.

A nona foi a da Fernanda Soares.

E agora esta da Maria Alice e José Valim.

Desde a primeira até esta vai um longo percurso de 47 anos, mais ou menos.

Como me lembro disto, como o tempo corre, meu Deus...

É caso para rezar:

 

Vinde Espírito Divino,

Celeste consolador,

e realizai nas almas

as obras do Vosso Amor...

 

Amanhã anotarei mais do que se passar e do que me recordar desde esses tempos...

Até amanhã, se Deus quiser!

 

 

publicado por emcontratempo às 01:06

13
Jun 11

 

Vinde, ó Santo Espírito
Vinde, Amor ardente,
Acendei na terra
Vossa luz fulgente.

Vinde, Pai dos pobres:
Na dor e aflições,
Vinde encher de gozo
Nossos corações.

Benfeitor supremo
Em todo o momento,
Habitando em nós
Sois o nosso alento.

Descanso na luta
E na paz encanto,
No calor sois brisa,
Conforto no pranto.

Luz de santidade,
Que no céu ardeis,
Abrasai as almas
Dos vossos fiéis.

Sem a vossa força
E favor clemente,
Nada há no homem
Que seja inocente.

Lavai nossas manchas,
A aridez regai,
Sarai os enfermos
E a todos salvai.

Abrandai durezas
Para os caminhantes,
Animai os tristes,
Guiai os errantes.

Vossos sete dons
Concedei à alma
Do que em Vós confia:

Virtude na vida,
Amparo na morte,
No céu alegria.
Ámem.

Veni, Creátor Spíritus (em Latim)

 Vem, Criador Espírito de Deus

 

Veni, Creátor Spíritus,
Mentes tuórum vísita:
Imple supérna grátia
Quae tu creásti péctora.

Qui díceris Paráclitus,
Altíssimi donum Dei,
Fons vivus, ignis, cáritas,
Et spiritális ,únctio.

Tu septifórmis múnere,
Dígitus Partérnae déxterae,
Tu rite promíssum Patris,
Sermóne ditans gúttura.

Accénde lúmen sénsibus:
Infúnde amórem córdibus:
Infirma nostri córporis
Virtúte firmans pérpeti.

Hostem repéllas lóngius,
Pácemque dones prótinus:
Ductóre sic te praévio
Vitémus omne nóxium.

Per te scicámus da Patrem,
Noscámus atque fílium,
Teque utriúsque Spíritum
Creadámus omni témpore.

Deo Patri sit glória,
Et Filio, qui a mórtuis
Surréxit, ac Paráclito
In saeculórum saécula.
Amém.

publicado por emcontratempo às 18:59

Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO