O desafio dos nossos dias...

11
Dez 13

 

 
"Havia milhares de estrelinhas no céu.Estrelas de todas as cores:brancas, prateadas, verdes, douradas,vermelhas e azuis.
Um dia, elas procuraram a Deus e disseram-Lhe:
- Senhor, gostaríamos de viver na terra entre os Homens.
- Assim será feito, respondeu o Senhor. Conservarei todas vocês pequeninas como são vistas e podem descer para a terra.
Conta-se que, naquela noite, houve uma linda chuva de estrelas. Algumas aninharam-se nas torres das igrejas, outras ficaram brincando de correr com os vaga-lumes nos campos; outras misturaram-se aos brinquedos das crianças e a Terra ficou maravilhosamente iluminada. Porém, passado o tempo, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar para o céu, deixando a Terra escura e triste.
- Porque voltaram? Perguntou Deus, à medida que elas chegaram ao céu. - Senhor, não foi possível permanecer na Terra. Lá existe muita miséria e violência, muita maldade, muita injustiça, muita fome e egoísmo... E o Senhor disse-lhes: - Claro! O lugar de vocês é aqui no céu. A Terra é o Lugar do transitório, daquilo que passa, daquele que cai, daquele que erra, daquele que morre. Nada é perfeito. O céu é lugar da perfeição, do imutável, do eterno, onde nada perece.
Depois de chegarem todas as estrelas e conferindo o número, Deus falou de novo:
- Mas está faltando uma estrela. Perdeu-se no caminho?!
-Não Senhor, uma estrela resolveu ficar entre os homens. Ela descobriu que o lugar é exatamente onde existe a imperfeição, onde há limites, onde as coisas não vão bem, onde há luta e dor.
- Mas que estrela é esta? Voltou Deus a perguntar.
- É a ESPERANÇA, Senhor, A ESTRELA VERDE. A única estrela dessa cor.
E quando olharam para a Terra, a estrela não estava só. A Terra estava novamente iluminada porque havia uma estrela verde no coração de cada pessoa. Porque o único sentimento é próprio da pessoa humana, próprio daquele que erra daquele que é perfeito, daquele que não sabe como será o futuro.
Receba neste momento esta "estrelinha" em seu coração, sua estrela verde.
Não deixe que ela fuja e nem se apague. Tenha certeza que iluminará seu caminho...
Seja positivo!
Nunca perca a estrela da esperança."
da net
publicado por emcontratempo às 18:25

22
Out 10

 

http://resistir.info/eua/imagens/ratoeira.jpg

A Fábula do Rato

Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa
abrindo um pacote.

Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.

 

Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.

 

Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:

 

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!

 

A galinha disse:

 

- Desculpe-me Sr. Rato,

eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas
não me prejudica em nada, não me incomoda.

 

O rato foi até o porco e disse:

 

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !


- Desculpe-me Sr. Rato,

disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar.

Fique tranqüilo que o Sr. Será lembrado nas minhas orações.

 

O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:

 

- O quê? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!

 

Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando a vítima.

 

A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia preso.

 

No escuro, ela não viu que a ratoeira tinha presa a cauda de uma cobra venenosa.

E a cobra picou a mulher… O fazendeiro levou-a imediatamente ao hospital.

Ela voltou com febre.

Toda gente sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha.

O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.

Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher não melhorou e acabou morrendo.

Muita gente veio para o funeral.

O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.

 

Na próxima vez que ouvir dizer que alguém está diante de um problema e
acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há
uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco.

O problema de um é problema de todos.

 

Pense nisso ;)"

da net

publicado por emcontratempo às 11:08

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO