O desafio dos nossos dias...

30
Ago 17

 

Velhinho de olhar cansado,

Semblante tosnado dos anos,

Olhas e ficas pasmado,

baralhado com tanta coisa,

tantos desenganos...

 

Cheio de frio, cheio de fome,

Lá vens tu, sózinho.

sem protecção e sem carinho,

triste esgueiras o olhar

sentado na beira da parede caída,

pelo tempo, pelos anos,

como tu, oh bondoso velhinho.

 

Entristece-te a forma de vida,

de querer ser, sem ser nada,

sem ao trabalho se dar guarida,

como percorrer como tu a estrada,

caminhante, nesta vida.

 

Há quem para ti nem volte o olhar

porque vive o presente

não sabe que em velho irá parar,

fica de ti, distante... ausente...

e tu, acabrunhado pela vida...

fitando-o tristemente...

 

Também foste criança, foste jovem

foste homem forte e trabalhador

Lutaste na vida com amor...

Hoje, alquebrado e cansado,

teu olhar procura o carinho,

que na tua mocidade, também

distribuías a outro velhinho.

 

e assim percorre a vida...

a criança d'outrora... hoje amadurecida...

peregrina 2017.08.30

 

 

 

 

 

publicado por emcontratempo às 12:38

15
Abr 09

 

 
"Alguns de nós envelhecemos, de facto, porque não amadurecemos.
 
Envelhecemos quando nos fechamos às novas ideias e nos tornamos radicais.
 
Envelhecemos quando o novo nos assusta.
 
Envelhecemos também quando pensamos demasiado em nós próprios e nos esquecemos dos outros.
 
 
Envelhecemos se paramos de lutar.
 
Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o Tempo.
 
A vida só pode ser compreendida olhando para trás. Mas só pode mesmo ser vivida olhando para a frente.
 
Na juventude aprendemos; com a idade compreendemos…
 
Os homens são como os vinhos: a idade estraga os maus, mas melhora os bons.
 
Envelhecer não é preocupante: ser olhado como velho é que o é.
 
Envelhecer é mesmo uma Graça de Deus!
 
Nos olhos do jovem arde a chama, nos do velho brilha a luz.
 
Sendo assim, não existe idade, somos nós que a criamos. Se não acreditares na idade, não envelhecerás até ao dia da tua morte.
 
Pessoalmente, eu não tenho idade: tenho vida!
 
Não deixes que a tristeza do passado e o medo do futuro te estraguem a alegria do presente.
 
A vida não é curta; as pessoas é que ficam mortas tempo demais…

Faz da passagem do tempo uma conquista e não uma perda.
 
Deus vos abençoe!"
publicado por emcontratempo às 17:09

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Velhinho

Velhice

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO