O desafio dos nossos dias...

03
Abr 13

 

 

 da net

"Procurei-vos e viestes ter comigo por isso vos agradeço"

(palavras do Santo Padre João Paulo II aos jovens)

 

 

Fez precisamente oito anos ontem que foste para o Senhor,

 

Santo Padre João Paulo II rogai por nós!

publicado por emcontratempo às 10:25

22
Abr 11

 

 

Cristo meu Senhor

quero jogar a minha vida na Tua Palavra

quero retemperar a minha juventude na Tua graça

que nunca envelhece.

 

Dá-me uma juventude rebelde a todos os egoísmos,

rebelde aos instintos de violência,

rebelde à instalação burguesa na vida,

rebelde à cobardia de dizer Sim ao mal e Não ao bem.

 

Cristo, meu irmão, contigo avançarei rumo às estrelas,

à conquista dos mais favoráveis espaços que são os espaços do amor.

 

Contigo desafiei os cobardes, os piegas, os "beatos",

contigo construirei no entusiasmo

um mundo melhor que o dos antepassados.

 

Que eu ame sempre o imenso mas da liberdade autêntica

onde sopre o Teu Espírito suavemente

que o sangue jovem que ferve em minhas veias

faça da minha vida uma chama

capaz de atear, à minha voltaum incêndio de amor

que faça dos homens um mundo de irmãos.

 

Cristo, meu Senhor, eu amo a terra e a vida,

a minha juventude e os ritmos modernos,

as formidáveis conquistas técnicas do nosso tempo,

as velocidades e as violas eléctricas,

ensina-me a compor com todos estes amores

um novo cântico das criaturas.

(calendário 2007 da LIAM - missões)

publicado por emcontratempo às 03:45

10
Jan 11

 

O jovem, o filho, o estudante de hoje, vive atrofiado, afogado por uma sociedade adulta

que não o estimula positivamente, mas que o enche de tudo, abalrroa-o de tudo o que é brinquedos, dos normais aos mais sofisticados,

música em "pó", computadores para brincar e divertir, tuuuuuuudo.

 

Mas carênciados de educação cívica, bons costumes morais que só se aprendem no berço.

 

Falta de respeito para com superiores, professores e mesmo uns para com os outros.

 

Por vezes, não poucas, frequentam ambientes cercados de maus exemplos.

 

Apesar de muitos conviverem em actividades sócio-recreativas, são estes mesmos influenciados por outros...

 

Não se nota grande preocupação de para onde caminha esta juventude.

 

Vivem quase entregues a si próprios.

 

Fartos de vontades, fartos de tudo e de nada.

 

Insconscientes porque a idade assim o permite, conduzidos a auto-destruirem-se.

 

O perigo espreita a cada esquina.

 

O vício alarga-se a cada recanto e...

 

...só para quem vê, e está atento, é preocupante.

 

Noutros tempos, também havia "más inclinações".

 

Mas a obediência e respeito também eram maiores.

 

Talvez porque a educação era mais austéra...

 

Talvez porque se impunham boas maneiras e bons costumes...

 

De qualquer modo, algo de bom ficava:

 

o respeito pelos superiores, ainda que, às vezes, o não merecessem,

 

o respeito pelos idosos, e até o carinho, pois quase todos tinham os avós em casa.

 

Que bom se hoje ainda assim fôsse, em vez de os despejarem para os lares e casas de acolhimento.

 

Por tudo isto, impera que os adultos procurem incutir nos jovens exemplos de vida.

 

Sejam eles os primeiros a respeitarem-se, para exigirem respeito.

 

Sejam eles os primeiros a criarem ambientes sádios, principalmente nas suas mentes perversas.

 

Sejam eles os primeiros a acarinhar a idade sábia que já viveu uma vida, com todos os seus encantos e desencantos.

 

Para que as nossas crianças e jovens se motivem por coisas boas, e saibam escolher, reflectir, encarar, acarinhar o mundo onde estão inseridas.

 

Nós os adultos, devemos e temos de sentir a obrigação de educar, pelo nosso exemplo responsável e motivante.

 

Esta etapa ainda nos cabe a nós, não imputemos aos mais indefesos.

 

Isto é para nós, não tenhamos dúvidas.

 

É muito difícil, mas ... é absolutamente necessário.

publicado por emcontratempo às 11:46

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO