O desafio dos nossos dias...

16
Out 09

No fim do Verão.

A desfolhada do milho.

Depois das vindimas.

Após a fervura nos balseiros e

...aperto doloso nos lagares.

Depois da tiragem dos vinhos.

Depois do apertar das cascas.

Era então o lambicar dos bagaços das uvas.

Era o fazer-se a aguardente.

Mais própriamente o "Bagaço" de uva.

Assim denominado pelas nossas bandas.

E eis que nos serrados os milhos doiram.

Estão prontos a ser colhidos.

Tem de ser apanhados antes das primeiras chuvadas do Outono.

Acarretados outrora em carros de bois.

Arrumados nas lojas das casas.

Eis que começava as desfolhadas.

Por alturas da desfolhada do milho, isto é após a colheita da maçaroca os vizinhos tinham por habito darem ajuda uns aos outros como forma de troca de trabalho. Esta desfolha (tirar a folha) era um trabalho já feito no Outono praticado numa altura de vida pacata em que as noites eram longas e não havia televisão ou outros meios de entretenimento. Assim as pessoas, amigos e vizinhos e familiares juntavam-se e o trabalho entrava pela noite dentro por entre cantigas e bailes.

Bonecas de artesanato feitas com filha de milho obtida ao desfolhar a maçaroca, Ilha Terceira, Açores, Portugal.

Era costume fazerem-se jogos como o Jogo das Socas que constava no simples facto: se o milho era vermelho, quem o desfolhava teria que dar um abraço em quem estivesse a seu lado, se era roxo significava um beliscão, enquanto que amarelo era um beijo.

Era também comum as primeiras maçarocas desfolhadas serem cozidas e servidas às pessoas presentes que eram comidas secas ou barradas com manteiga.

publicado por emcontratempo às 05:32

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

A desfolhada do milho

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO