O desafio dos nossos dias...

14
Mar 14

 

Exame de Consciência

Perdão, Senhor!
Embora bem intencionado, nem sempre acertei...

Eu queria ser flor, e fui espinho;
queria ser um sorriso, e fui mágoa;
queria ser luz, e fui trevas;
queria ser estrela, e fui eclipse;
queria ser contentamento, e fui tristeza;
queria ser amigo, e fui adversário;
queria ser força, e fui fraqueza;
queria ser o amanhã, e fui o ontem;
queria ser paz, e fui guerra;
queria ser vida, e fui morte;
queria ser sol, e fui escuridão;
queria ser a calma, e fui o tumulto;
queria ser sobrenatural, e fui terreno;
queria ser lenitivo, e fui flagelo;
queria ser AMOR, e fui decepção

Recebe Senhor, em tuas mãos de misericórdia
e de perdão infinito, o gosto amargo
e contrito desta minha oração.
(Roque Schneider)

 

publicado por emcontratempo às 21:59

09
Ago 13

 

Orar, uma atitude de vida.

peregrina

10.2007

publicado por emcontratempo às 15:27

22
Abr 11

 

 

Cristo meu Senhor

quero jogar a minha vida na Tua Palavra

quero retemperar a minha juventude na Tua graça

que nunca envelhece.

 

Dá-me uma juventude rebelde a todos os egoísmos,

rebelde aos instintos de violência,

rebelde à instalação burguesa na vida,

rebelde à cobardia de dizer Sim ao mal e Não ao bem.

 

Cristo, meu irmão, contigo avançarei rumo às estrelas,

à conquista dos mais favoráveis espaços que são os espaços do amor.

 

Contigo desafiei os cobardes, os piegas, os "beatos",

contigo construirei no entusiasmo

um mundo melhor que o dos antepassados.

 

Que eu ame sempre o imenso mas da liberdade autêntica

onde sopre o Teu Espírito suavemente

que o sangue jovem que ferve em minhas veias

faça da minha vida uma chama

capaz de atear, à minha voltaum incêndio de amor

que faça dos homens um mundo de irmãos.

 

Cristo, meu Senhor, eu amo a terra e a vida,

a minha juventude e os ritmos modernos,

as formidáveis conquistas técnicas do nosso tempo,

as velocidades e as violas eléctricas,

ensina-me a compor com todos estes amores

um novo cântico das criaturas.

(calendário 2007 da LIAM - missões)

publicado por emcontratempo às 03:45

21
Abr 11

 

"

Mudo... calado diante de Ti

todo o meu ser

só Te sabe dizer.

Eu estou aqui.

 

Que bom parar e em silêncio ficar

diante do Amor

sem nada dizer, apenas rezar:

meu Deus e meu Senhor!

 

Que bom poder com vontade dizer,

Senhor, eis-me aqui.

Viver cada dia, dar com alegria

quanto recebi!

 

Que bom viver junto à Fonte e beber

a Água mais pura.

Que alegria encontrar outros a caminhar

nessa mesma aventura!

 

Que bom calar e orar sem cessar

de alma agradecida;

Sentir-Te bem perto, Deus amigo certo

e razão da vida!"

(in Boletim Franciscanas Hospitaleiras)

publicado por emcontratempo às 11:38

18
Jan 11

Anjo da minha Guarda, protege-me!

O teu anjo protege-te a cada minuto todos os dias sem nada querer em troca a não ser o teu bem. Às vezes pode parecer que se esqueceu de ti mas não. Os caminhos que julgamos mais certos naquele momento é que poderão ser diferentes. Pensa "nele" e agradece-lhe o seu amor e por estar ali sem se cansar a zelar por ti."

enviado por sms

publicado por emcontratempo às 10:58

16
Abr 10

 

 

 

Santinha do nome da minha mãe!

A ti que estás no céu,

Peço-te encarecida,

de alma dolente, dorida,

pede a Jesus,

que se eu for digna

tenha a minha Bernardete, protegida,

no seu regaço, também.

 

(Santa Bernardete nasceu  a 7 de Janeiro de 1844 em Lourdes, França.

Faleceu a 16 de Abril de 1879 em Nevers, França.

A sua Festa é celebrada no dia 16 de Abril.)

publicado por emcontratempo às 15:12

19
Mar 10

 

Em honra ao meu pai, que o Senhor lá tem.

 

Sinto falta das tuas mãos,

franzinas, afáveis, serenas,

sempre dispostas ao trabalho,

em situações pouco amenas.

 

Sinto falta dos teus braços,

cansados de puxar a enxada,

com ela podias tudo,

hoje ninguém pode nada.

 

Sinto falta das tuas pernas

para comigo caminhar,

quando íamos ainda cedo,

aos lajidos trabalhar.

 

Íamos apanhar figos,

saborosos para comer,

escolhias sempre um cesto,

que a mãe ía vender.

 

Sinto falta da alegria,

eras tão bom para nós.

Trabalhavas mais que podias

e nunca nos deixavas sós.

 

Sinto falta... pai, a tua ausência,

a todos nós retirou

a doce e meiga inocência

que sempre connosco habitou.

peregrina 2010.03.19

 

Senhor São José, para os pais de hoje, há acontecimentos desconcertantes em relação aos filhos, e para com os filhos.

Acontecimentos que não compreendemos, não aceitamos logo à primeira, pois mexe muito com a maneira que fomos educados.

Bondoso São José, ajuda-nos a ultrapassar esta etapa, de modo que consigamos ser luz pelos nossos conselhos, ainda que limitados pelo tempo e pela idade.

São José, rogai por nós!

 

publicado por emcontratempo às 10:09

09
Mar 10

 

Quantas vezes pedimos?!

Quantas vezes nos alegramos por sermos atendidos?!

E... quantas vezes agradecemos?!


O SOCORRO DO CÉU

"Montado no seu cavalo, o rico fazendeiro dirigia-se à cidade como fazia frequentemente afim de cuidar dos seus negócios.
Nunca prestara atenção naquela casa humilde, quase escondida num desvio à margem da estrada.
Naquele dia experimentou insistente curiosidade; quem morava ali?
Cedendo ao impulso, aproximou-se...
Contornou a residência, e sem desmontar, olhou para uma janela aberta e viu uma garotinha de aproximadamente 10 anos, ajoelhada, mãos postas e olhos lacrimejantes.


_ Que faz você ai minha filha? (fazendeiro)


_ Estou orando a Deus, pedindo socorro.
Meu pai morreu, minha mãe está doente e meus quatro irmãos têm fome. (menina)


_ Que bobagem!, disse o fazendeiro.

_ O céu não ajuda a ninguém, está muito distante... Temos que nos virar sózinhos.

Embora irreverente, e um tanto rude, era um homem de bom coração.
Padeceu-se... Tirou do bolso boa soma de dinheiro e  entregou à menina.

_ Ai está... Vai comprar comida para os irmãos e remédio para mamãe, e esqueça a oração.

Isto feito, retornou à estrada...

Antes de completar duzentos metros, decidiu certificar se a sua orientação estava sendo observada.
Para a sua surpresa a pequena devota continuava de joelhos.

 

_ Ora essa, menina, porque não vai fazer o que recomendei? Não lhe expliquei que não adianta pedir!

E a menina feliz respondeu...

_ Já não estou mais pedindo, estou apenas agradecendo...
Pedi a Deus e Ele enviou o senhor."

Autor desconhecido

 

publicado por emcontratempo às 15:56

27
Out 09

 

 

Senhor!

Fazei que eu veja!

No meio deste mundo cheio de cegueira.

Não me deixe encandear nem um pouco,

pela luz que obscurece, não clareia

a nossa vida, apenas a manobra, maneja.

Por tudo isto,

Fazei que eu veja!

 

A Tua Luz, Senhor!

peregrina

publicado por emcontratempo às 00:15

18
Out 09

 

in www.ocruzadomissioário.blogspot.com

 

 Ao grande Santo do nosso tempo, peço encarecidamente:

Santo Padre João Paulo II, amante que foste da vida em toda a sua plenitude, desde o seu início até ao fim, pedi a Jesus pelo nosso Mundo, cegamente obstinado e alienado dos verdadeiros valores humanos e cristãos.

Santo Padre, rogai por nós!!! 

peregrina

publicado por emcontratempo às 01:47

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO