O desafio dos nossos dias...

09
Jun 10

 

Meu pai já me prometeu

se o novo exame eu fizer,

dar-me um fato, um chapéu,

olariloré,

eu não os posso perder. 

Dar-me um fato, um chapéu,

olariloré,

eu não os posso perder. 

 

olariloré, tá, tá, tá,

o meu bem ali está

olariloré, tá, tá, tá,

o meu bem ali está.

 

 côro

 

Até consola

e é do nosso agrado,

quando não há escola,

bailar um bocado.  

Até consola

e é do nosso agrado,

quando não há escola,

bailar um bocado.  

 

Também a minha mãezinha,

já disse o que me vai dar,

num fio de ouro uma santinha,

olarilólé

se no exame eu passar.   

num fio de ouro uma santinha,

olarilólé

se no exame eu passar.   

 

Versos que foram representados em teatros no tempo de meus pais, se alguém sabe mais e quem é o autor agradeço que me envie, obrigado. 

publicado por emcontratempo às 10:06
tags:

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO